Página Anterior   |   Página Inicial   |   Logout
O que é a Renisi


A Rede Nacional de Estudos e Pesquisas em Saúde dos Povos Indígenas - Renisi foi uma das deliberações pactuadas durante a realização do I Seminário Nacional de Estudos e Pesquisas em Saúde dos Povos Indígenas, realizado em Brasília pelo Departamento de Saúde Indígena da Fundação Nacional de Saúde, com apoio da Organização Panamericana de Saúde e Departamento de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde, em novembro de 2004.

A Renisi tem por objetivo promover o intercâmbio entre os pesquisadores, profissionais que atuam na atenção à saúde das populações indígenas, Povos Indígenas e seus representantes, assim como articular áreas técnico-científicas das instituições governamentais e não governamentais, com o propósito de aperfeiçoar o conhecimento sobre o quadro sanitário e valorizar a diversidade cultural dos Povos Indígenas que habitam as diferentes regiões do país.

Espera-se que a difusão de informações atualizadas propicie a análise dos indicadores e a crítica dos dados, permitindo novas interpretações epidemiológicas e de gestão que colaborem para o desenvolvimento da atenção à saúde indígena.

A Rede é um pólo de difusão de eventos científicos, congressos, artigos, teses e notícias sobre os Povos Indígenas, podendo ser utilizada como um importante instrumento de consulta, principalmente para aqueles que atuam nas regiões mais distantes. Permite também o acesso a manuais, normas de procedimentos e a troca de informações com profissionais especializados elevando a qualidade dos serviços prestados.

A Renisi é um instrumento de aproximação entre a comunidade científica, técnicos da atenção à saúde, gestores da política, produtores de informação em saúde, agentes e conselheiros de saúde, com a finalidade de acompanhar, subsidiar a avaliação e propor transformações na atenção à saúde indígena, parte integrante do Sistema Único de Saúde (SUS).